DIÁRIO DE UM CAPELÃO

DIÁRIO DE UM CAPELÃO

Wilker dos Santos Rodrigues, era um Policial Civil que nasceu no lar cristão, mas com os dissabores da vida e a descrença na justiça policial, deixou a presença de Deus e no caminhar da vida, reencontrou Deus e descobriu seu chamado como Capelão.

“Filho de policial civil, sempre almejei ser policial. Cresci em um lar cristão, mas em certo momento da minha carreira na Polícia Civil de São Paulo, desfaleci na Fé. Em 2017, fui exonerado a bem do serviço público, ou seja, nunca mais poderia prestar outro concurso público. Daí em diante, passei por muitas dificuldades. 

Perdi aqueles amigos que tanto me dediquei; perdi a namorada que dizia que me amava; perdi carros, moto e cheguei a ser despejado do imóvel. Fui morar de favor em um quarto na periferia no Bairro Jardim São Luiz, extremo Sul da Capital Paulista.

Sem salário, distintivo, porte de arma, sem ninguém para apoiar, sem dignidade foi a primeira vez da minha vida que tive “MEDO”! Nesta ocasião, me prostrei diante de Deus e disse: Pai, estou com medo! Naquele dia em diante, Deus começou a ministrar em mim a vontade Dele. 

Não foi “placa de igreja”, religião, psicologia, psiquiatria, justiça humana ou outra coisa que mudou a minha vida, mas o Evangelho de Cristo, E isso só ocorre com o Poder da Palavra de Deus e a ação do Espírito Santo de Deus.

Mas o deserto continuava. Fui preso e após alguns meses descobri que os policiais que me prenderam estavam presos também. Então o Espírito Santo me convenceu a orar por eles, para que a graça, perdão, salvação e paz fizessem parte da vida deles. Desde então, eu disse sim ao chamado de Deus para minha vida, a Capelania Militar.

Em 2020, em conversa com Deus, disse que amava ser um policial,e Deus me disse: Você quer voltar a ser um policial? E eu disse: sim. E Deus me mandou escrever no papel e datar, expondo meus projetos, e um desses projetos era: levar a palavra de Fé, Vida e Esperança aos policiais através de Cristo e sua palavra. Orientado pelo meu pastor – Alex (Assembleia de Deus) procurei os “PMs de Cristo”.

Direcionado ao Pastor, Capelão e Coordenador Saulo Piloto, fui cuidado, ouvido e orientado. Após uma caminhada com CPL Saulo conheci melhor o trabalho e meu amor a missão. 

Em 03 de Dezembro de 2020, tive o direito de retornar ao meu cargo na Polícia Civil do Estado de São Paulo pelo Acórdão do Tribunal de Justiça. 

Hoje participo das preleções nestas referidas Unidades e sou responsável pelas preleções nas equipes da “zero” hora da 2ª CIA do 10ºBPM e das preleções do 10ºBPM, 8º GB e do GT-Gabinete de Treinamento. “Eu amo e tenho paixão pelo meu chamado.”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: