Oração: a única e melhor forma de se comunicar com Deus

O planeta Terra e especialmente o ser humano estão precisando de oração. E não importa a religião.
 
Ao fazer uma oração, o indivíduo entra em contato com Deus e mostra sua fé, cria um diálogo permanente sentindo a presença do Senhor, da suprema sabedoria de Deus e recebe em troca conforto profundo, paz, certeza de proteção.
 
”Todas as vezes que temos a oportunidade de ter contato com Deus, Ele nos possibilita melhora do nosso bem-estar físico e emocional, e para a rotina policial, com certeza a oração  fortalece o agente para que ele possa enfrentar as adversidades do dia a dia com muito mais confiança e serenidade”, afirma a CB PM Juçara Lira da  Silva Araújo, psicóloga clinica e psicopedagoga, conselheira dos PMs de Cristo.
 
O hábito da oração, seja ela coletiva ou individual, é reforçado pelo Projeto Polícia e Igreja da Associação PMs de Cristo, por meio da capelania voluntária, trabalho realizado nos quartéis, companhias e grupamentos da Polícia Militar de todo o Estado de São Paulo e de várias outras cidades e em outros Estados brasileiros.
 
De acordo com a CB PM Isabel Barnabé dos S. Costa, conselheira da Associação, a importância da oração na rotina dos policiais militares é fundamental para que eles, na sua autoridade concedida pelo próprio Senhor, estejam em comunhão com Deus e possam exercer suas funções de maneira justa, com discernimento e proteção.
 
“Nós somos autoridades constituídas por Deus aqui na Terra e hoje temos um apoio maravilhoso nesse Projeto Policia e Igreja. O projeto visa cuidar de quem cuida da segurança da sociedade: policiais e autoridades”, avalia a CB PM Isabel.
 
Ela cita um capítulo da Bíblia para enfatizar a relevância da oração diária na vida de todos os agentes e autoridades:
 
“Admoesto-te, pois, antes de tudo, que se façam deprecações, orações, intercessões, e ações de graças, por todos os homens;
Pelos reis, e por todos os que estão em eminência, para que tenhamos uma vida quieta e sossegada, em toda a piedade e honestidade” (Timóteo 2:1-2).
 
A CB Isabel faz uma conexão entre esse capítulo da Bíblia e a rotina dos policiais, apontando que a oração traz a cobertura de Deus sobre os agentes e autoridades da segurança pública, já que todos eles literalmente lidam e lutam contra as forças das trevas diariamente.
 
O Projeto Polícia e Igreja caminha exatamente neste sentido, e busca, por meio da oração, fortalecer a fé dos agentes, melhorando sua espiritualidade, bem-estar e saúde física.
 
“Falar da rotina policial, da fé e da individualidade, leva-nos a  pensar no ser humano como trino (corpo, alma e espírito) e logo podemos dizer que a fé gera sentimentos de gratidão e esperança. Sendo assim, a maneira mais precisa de se estabelecer esse contato é através da oração, meditação e da comunhão com Deus, claro que em  respeito a sua subjetividade, aos nossos policiais o conselho é permitir-se no seu cotidiano  gerar mudanças em sua vida espiritual”, comenta CB PM Juçara Lira da  Silva Araújo, psicóloga clinica e psicopedagoga, conselheira dos PMs de Cristo.
 
Ela destaca que não existe oposição entre a vida espiritual e a saúde mental. A psicologia reconhece que a espiritualidade está presente na constituição da subjetividade de cada um, “assim, aquele policial que tem o seu contato individual com a oração terá, possivelmente, um fator de proteção extra”, afirma CB PM Juçara Lira.
 
É fato que a palavra, a meditação sobre essa palavra e a oração fazem com que o indivíduo fortaleça sua vida espiritual. E no caso dos policiais militares, por meio da oração, desenvolvem a compreensão dos seus papéis pessoais, e têm a oportunidade de ressignificar um momento situacional que esteja atravessando em sua vida. Isso gera mudanças no seu comportamento e  na sua condição profissional. 
 
A humanidade atravessa tempos difíceis, com muitas mudanças e luto devido à pandemia de Covid-19. A tristeza, tensão e pressão atingem também os policiais em seu trabalho e podem impactar sua vida pessoal.
 
“Eu acredito na atuação do Espírito Santo de Deus para tratar conosco nesta questão da dor e luto. Ele, que tudo sabe, entende o momento do desespero, angústia, tristeza pelo qual cada um de nós passa, e, por meio da oração, é possível a conexão com Deus para receber o conforto do coração, diante das mais profundas adversidades. É preciso que o ser humano ouça a palavra e ore para receber refrigério nos momentos de dor”, aconselha a CB PM Isabel.
 
A oração e a fé absoluta nos desígnios de Deus fazem a diferença não apenas na vida de cada pessoa que acredita Nele, mas também nos locais nas quais elas estão e frequentam.
 
A CB PM Isabel relata que ela própria já foi testemunha do poder da oração por inúmeras vezes.
 
“Ás vezes eu chegava em lugares com pessoas ou colegas de trabalho nervosos, irritados, ambientes pesados. Então, elevava meu pensamento ao Senhor e orava pedindo para que Ele agisse naquele local. É impressionante como Deus responde às nossas orações imediatamente, ainda que a façamos somente em pensamento. Sempre sinto resposta. O peso do ambiente, o mal-estar diminuem, a irritação das pessoas retrocede, o clima muda, a conversa fica menos tensa, e até há aumento de cordialidade. Isso é prova de que a oração é poderosa e pode sim transformar um ambiente”, afirma ela.
 
Já a conselheira dos PMs de Cristo, CB PM Jussara Lira, também relata ter presenciado vários casos de mudança na vida dos agentes, a partir da oração promovida pelo Projeto Polícia e Igreja. “Já tive a oportunidade de ouvir de capelães contando sobre as mudanças que foram geradas na vida de policiais, logo após um momento com Deus, mudanças essas de restauração de casamento, e de relacionamentos com filhos e transformações na postura profissional. Tudo por conta da oração”, confirma ela.  
 
A verdade é que a oração é o canal direto com Deus, à disposição de todos. Quando uma pessoa ora a Deus mostra que crê no direcionamento Dele e que confia na proteção e no amor que Ele oferece.
 
“Quando o policial percebe que a comunicação dele com Deus pode aliviar seu cansaço, stress, dores emocionais, ele passa a orar mais, faz seu devocional diário para poder trabalhar e viver com mais tranquilidade”, finaliza a CB PM Isabel.
 
A arma mais poderosa que podemos ter contra os males que afligem nossas vidas é a comunhão com Nosso Pai. E isso está nas escrituras sagradas:
 
“Clame a mim e eu responderei e direi a você coisas grandiosas e insondáveis que você não conhece”. (Jeremias 33:3)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: